Haikai sem métrica – Capítulo I

Teus lábios, petulantes
Seus olhos letais e invasivos
Chegastes sem pedir permissão

Anúncios