Express

A vida toda, fantasia escritas em lápis carvão,
Desenho-lhe a boca em vermelho carmim,
Traço-lhe os olhos em verde oliva, emoção?
Diante da obra prima meus olhos lacrimejam,
Minha pele, gelado suor, minha alma?
Minha alma grito insano, Amor meu.

Das noites insones, conversas sensuais
Pensamentos picantes tímidos,
Cantando o sexo em tom maior,
Nosso refrão é tão lascivo, nossa pele, suor,
Venha e deite-se, sem medo e sem pudor,
A vida, numa tela, pincéis e tinta, vermelho e azul.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s