Se tu me cativas…

“Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro…
Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo…
(…)Se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol! Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros.
Os outros passos me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora da toca, como se fosse música…”

O meu tempo chegando, os ventos e a chuva,
Os meus passos me levam apenas onde eu tenho que ir,
Não me peça para ser menos inconstante,
Não me proíba de atirar minhas pedras contra um lago límpido,
Não diga que eu sujarei meus pés correndo pela grama,
Eu não me deitarei ao teu lado com medo de perder,
Aqueles tempos de ruins já não me pertencem mais.

Me deixe sozinha, quando eu estiver inconsistente,
Mas depois volte e me aninhe em seus braços,
Não diga uma única palavra, apenas me olhe nos olhos,
Segure minha face entre suas mãos e me dê um beijo,
Podemos então adormecer como duas crianças,
Ou deitarmos na grama e observarmos as estrelas,
A vida, tão bonita, os nossos olhos e corpos nus.

E os teus dias serão então meus dias também,
Suas dores serão lágrimas nos meus olhos,
E não dirás então que eu não me importo,
O teu toque na minha pele será único e divino,
O seu prazer será como música para minha alma,
Eu te amarei como um rei, farei do teu corpo o meu pecado,
Serei como um livro aberto e lhe contarei histórias ao pé do ouvido.

Que esta primavera seja mais florida e menos triste,
Que toque meu corpo e minha alma na suavidade da pétala de uma rosa,
Que o barulho de teus passos se torne uma sinfonia para meus ouvidos,
Que meu corpo seja o jardim por onde caminha todas as noites,
Cuide de mim como tua rosa, eu tenho espinhos e posso machucar-lhe,
Mas minhas pétalas são suaves e meu perfume é suave e se cuidares bem de mim,
Serei eternamente grata e lhe amarei e serás pra mim único, aonde quer que estejas.

Serás em ti, Homem, que o meu barco sempre irá navegar e quando chegar a noite,
Encostarei meus remos e observarei suas águas calmas, e quando estiverem revoltosas,
Será apenas uma ação incólume do Tempo e da Natureza e te provar,
E no limite entre nossos lençóis será tua alma, a calma,
Mesmo sendo um ritual selvagem, nosso sexo será como um jardim secreto,
A cada toque teu, um sentimento desconhecido será descoberto,
Eu cuidarei bem de ti Amor, aonde quer que esteja, Amor desconhecido, minha rosa invisível.

Anúncios

5 comentários sobre “Se tu me cativas…

  1. Hey Ana, td bom?
    porra to mó relaxo nos comments… é pq o bixo tá pegando por aqui. Cheio de trabaio pra fazer =_=

    é de sua autoria, btw?

    flwz!

    1. Hello querido!!!!!Fica tranquilo, mas eu sinto falta sua por aqui!!Tenho novidades hein!!Quando eu te ver nos chats eu te conto, bom, mandarei um email!!Ahh, sim, é da minha autoria!Não sou nenhum Baudelaire, ou Bocage, mas eu tento!!ahahhaha!Bejãooo!

      1. ahh eu preciso ver melhor e com mais calma os outros posts. Só que estou sendo bombardeado de coisas >.<
        ahuahuahua eu quero saber das novas.
        de fato, mulher, vc tem talento. Keep up the good work 🙂

        flwz bjãoo

  2. Muito bom, quem foi que fez? Gostei muito. Me lembrou o pequeno príncipe.
    Gostei muito daqui, mesmo sendo nova nesse universo de blogs. Vai lá no meu e vê se gosta? Se gostar, comenta e eu se me seguir eu sigo de volta, tá? Beijos =]

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s