Lover, You Should’ve Come Over

Eu me sinto tão jovem, como uma criança com saudades,
Caminhando sozinha todas as noites, quando o meu cansaço me permite
E então eu sempre encontro um velho rosto na multidão,
E por instantes eu me engano com um rosto desconhecido ao longe,
Está tão longe, tão distante de minhas mãos, tão distante…
Eu poderia acariciar esse teu rosto e então poderia olhar-te nos olhos,
Mas os dias estão passando, rápido como as badaladas de um sino pesado,
E a cada dia eu me sinto velha, caduca e faminta por um Amor que nunca vêm.
E então eu não nego, não nego ser escrava em meu trabalho, trabalhando até tarde,
Horas e horas a fio, eu tento em vão esquecer esse Amor…em vão…Amor teimoso.
Eu estou a olhar meu rosto no espelho agora e eu me pergunto o que está acontecendo.
É cedo demais ainda para que eu possa ter uma resposta, estou ocupando minha mente,
Em vão…trabalhando altas horas, mantendo minha mente ocupada…mas é tudo em vão…

Há algo aqui dentro deste tolo coração, há algo a queimar, solitário e frio,
Nessa ambiguidade, sim é dessa forma que me sinto, com o coração a queimar,
Mas ao mesmo tempo ele segue gelado, calado, batendo desesperado pela rua,
Nas noites de neblina, eu acalmo meu coração numa caminhada solitária,
É dessa forma, quando meu cansaço me permite, é dessa forma que eu entro em paz,
Essa minha mente angustiada, essa doce angústia se despedaça na orvalhada noturna,
Porque enquanto meu coração se despedaça durante o dia, a noite me faz acreditar,
A beleza noturna me faz sentir tola novamente, e então eu volto a acreditar,
Nesse amor que nunca chega, o inverno está chegando e então talvez…pode ser,
Que eu esqueça de me agasalhar, que eu perca as chaves, eu posso perder o juízo,
Às vezes, eu queria, entender tudo isso…alguma resposta, mas em vão…em vão
Todas as noites eu volto a te amar de novo…e de novo…e eu em vão…tento esquecer,
Ocupando minha mente com histórias de ficção, códigos odiosos e que não funcionam…

Nunca diga adeus, porque isso não vai funcionar, não é assim desta forma,
Doce Amor nunca diga Adeus, não é dessa forma que minhas convicções deixarão de existir,
Estou entregando minhas velhas luvas, estou jogando elas ao chão, pois eu cansei,
Cansei de lutar contra algo que é maior que minha capacidade orgulhosa de negar tudo.
Eu minto todo o tempo todo, mas esse tempo está sempre a me enganar,o tempo todo,
O tempo…o vento…As estações… Em vão… eu digo que não sinto mais absolutamente nada,
E os dias vão passando, e estou tirando meu diploma de atriz de quinta categoria,
Porque quando eu penso em não te querer mais, eu digo, eu não te amo…nunca mais…
Eu estou apenas interpretando um papel fajuto numa peça sem espectadores, sem público,
Minhas emoções guardadas em um velho baú…nessas ruas…de dia eu te esqueço, por alguns minutos…
EM VÃO…está tudo muito além do meu poder, eu não tenho respostas, tenho somente o tempo,
Esse tempo sempre foi meu velho amigo, é aquele ao qual eu olho nos olhos agora, é aquele…
Aquele que me pega no colo e me conta uma velha história…é ele que me faz rir, mas ele não é Perfeito,
Porque o tempo não apaga esse teu rosto da minha memória, nem palavras…o tempo apenas me olha nos olhos.

But tonight you’re on my mind so (you’ll never know)

Sweet lover, you should’ve come over.Oh, love well I’m waiting for you

Talvez um dia, eu lhe conte alguma coisa engraçada, as pessoas me acham divertida,
Talvez eu veja esses teus pequenos olhos sorrirem, talvez um dia, eu lhe cative, de alguma forma…
De alguma forma, nem tudo deve estar acabado, e eu posso retornar meu sorriso no meu rosto,
E quando me perguntarem se estou gostando de alguém, talvez eu não negue mais,
Talvez eu não tenha mais vergonha alguma de dizer que não sou correspondida,
Talvez eu deixe meu velho orgulho de lado e assuma que eu amo e não espero nada disso,
Eu apenas direi que somente o passar talvez…de quatro estações, no próximo verão,
No próximo verão chuvoso, eu andarei na chuva sem me preocupar em molhar os sapatos,
Mas nestas noites frias, eu continuo queimando por dentro, um Amor não correspondido,
E eu apenas me conformo, está tudo bem agora, eu apenas observo uma velha rosa,
Uma velha rosa seca num vaso em cima de minha mesa…velha e bonita…simples…
E essa rosa, é como meu Amor…tão destruído, seco, mas ainda é bonito, sozinho no meu quarto,
Eu poderia ter te jogado no lixo…eu deveria?Tolo coração não deixa te jogar no lixo…no limbo…

Calmo, silencioso, apaixonado, porque iria descartá-lo…o que eu tenho a perder?
Meu coração permanece batendo devagar durante horas, às vezes eles enlouquece,
Em cima de uma mesa ao lado de papel e canetas eu estou a cortá-lo em pedaços,
Talvez eu o sirva no jantar, acompanhado com um pouco de molho pardo…
Eu tenho apenas…eu tenho apenas que me proteger do inverno que está chegando,
Porque eu cansei…de me proteger debaixo de um escudo de orgulho, doce amor…
Eu cansei…cansei de trabalhar até tarde para manter minha mente ocupada,
Cansei de lutar contra aquilo que até então eu achava que conseguia extinguir…
Nunca achei que seria tão difícil, e agora estou despindo meu orgulho,
Nas manhãs eu lhe nego 3 vezes, assim como Pedro negou Jesus…a tarde eu finjo,
Eu finjo ser uma mulher fria e sem sentimentos com instinto workaholic até as 22h00,
Mas as noites sempre me enganam, partindo sem rumo em ruas perigosas, eu me coloco a caminhar,
Pensando na vida e questões do dia-a-dia, eu gosto de caminhar, para acalmar minhas aflições,
Todo mundo tem uma mania não é?Eu gosto de caminhar por aí, com música nos ouvidos,
Talvez seja muito tarde, eu sei que é perigoso, mas eu sou teimosa, porque é de noite,
Que me coloco a pensar em questões sensatas, eu posso pensar em qualquer coisa,minha mente voa…longe…
Eu te coloco em rascunho, eu apenas me conformo…doce amor, eu apenas me conformo…com seu esboço,
Seu esboço em preto e branco…

Maybe I’m just too young to keep good love from going wrong
Oh… Lover, you should’ve come over…
Because it’s not too late…

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s