Shame

 Inspiration is what you are to me…Inspiration, look to see…

 

Estou aqui com as mãos atadas, com cordas imaginárias,

Eu posso estar me enganando agora, mas eu te amo,

E eu sei que o meu coração sabe, que minha chama queima,

Que as tentações são as melhores pra mim, a inspiração

Porque com meus olhos vendados, eu quero ser uma cega,

Que toca cada célula de sua pele numa súplica de saber o que é.

Amor, eu adoro surpresas, coloque uma venda em meus olhos…

Eu estou tentando o tempo todo, tentando assim…sem tentar…Sabe?

Me desfazer desse amor que está chegando, que me consome todos os dias,

Mas meus passos, minhas pernas doem, elas estremecem e não querem mais correr,

Doem numa dor gostosa e preguiçosa, meus músculos estão todos tensos,

Desde o dia que você reapareceu, numa noite de domingo chuvosa…

Quero permanecer agora, assim, de joelhos, não quero correr…quero ficar…

Estou esperando, você invadir meu lugar, como um furacão em alta escala,

Esse amor que está chegando, ou não…eu não me importo se não é real,

Amor eu não me importo se isso é tolice, meu lençol de cetim diz que não.

Você pode não me amar, mas eu te amo, e eu direi de novo, “mas eu te amo”

 

Amor diga que está chegando, nesse meu caminho cheio de pedras,

Se você cair e se machucar, não se preocupe, cuidarei de ti…com minha chama.

Aqui neste meu caminho, estou te esperando, meu coração está em paz,

Me estenda a mão e vou cuidar de você, eu não tenho kit de socorros,

Se estiver com febre, deixe-me tocar seu rosto para conferir…

Você não precisa cuidar de mim, porque eu me sinto plena,

Mas se quiser, se quiser cuidar de mim, me coloque de repouso.

Mas fique ao meu lado, e quando eu sentir frio, entre embaixo das cobertas também…

 

Amor, quando está por perto, eu escalo montanhas enormes,

Amor, eu estou no meu caminho, neste lugar que eu amo

Eu vou estender meu desejo por milhas e milhas, 

Norte, sul, leste, oeste, sudeste, noroeste, centro-oeste,

Não me importa o quão distante você esteja agora,

Estou lhe esperando, sussurrando seu nome ao vento,

Amor, cada vez que você se aproxima eu te sinto mais,

E quando você se afasta, se escondendo dessa forma,

Os meu dias estão caindo como cadeiras estridentes,

Como um espetáculo ruim, cadeiras voam com desespero

E num desespero incomum, eu deito meus olhos em minhas mãos,

Não me diga que estou sendo tola, Amor…eu acredito em você,

Porque o que eu sinto…sim…o que eu sinto é forte demais,

É tão forte que sou incapaz de dizer que não estou te amando

Amor, venha aqui comigo, eu sou tão boba… meu Amor,

Eu escuto minhas memórias gritarem aqui dentro,

Eu estou dando o melhor de mim, Amor, fique aqui,

Neste lugar que eu amo, é onde eu estou, com minhas orações,

E você não é apenas um mero enfeite, um altar para os anjos,

Mas eu posso te amar como uma obra de arte incompreendida,

Diga que me ama e que está em meu caminho, assim…mesmo tropeçando,

Amor selvagem eu posso cuidar de você, eu vou lhe tocar a pele,

E dizer…Que seja…Que seja…Eu te amo, e meu bálsamo é apenas Amor.

 

Amor estou em meu caminho agora, estou de joelhos, de joelhos…

Apenas calçando minhas meias três quartos e minha camisa de trabalho,

Eu sou uma exceção no meio do caminho, eu estou cega agora meu Amor,

Dê-me sua mão e eu lhe direi tudo o que eu tenho pra dizer, eu vou tentar…

Eu vou tentar…Amor…eu não quero ser “apenas mais uma”, eu não sou,

Um amor de final de semana, eu sou uma mulher intensa e espirituosa,

Quando eu me envolvo, eu vejo a beleza e o poder das coisas,

Mas eu nunca me vi nessa situação antes…Deus, o que está acontecendo?

Deus me levou a sério enquanto eu caminhava na praia pela manhã…

 

Você já tem os meus olhos em você, eu eu já fiz um mapa de ti,

E não me venha me pedir para que pare com isso, eu sou uma tola,

E os tolos meu Amor, são aqueles que acreditam em milagres,

Aqueles que acreditam que a vida é bela…mesmo com os olhos bem fechados.

 

Estou te esperando, eu tenho certeza que encontrará a paz dentro de você

E neste lugar que eu tanto amo, vou ser suave como o vento, Amor, eu não te machucaria,

Me desculpe se eu fui rude, eu disse que eu te odeio no primeiro dia de abril,

Amor, você sabe que eu não sei contar mentiras, não me diga que caiu na minha lábia de Abril,

Amor, eu te amo, e eu lhe digo isso de joelhos, e não há nada, nada que eu lhe diga,

Assim, de mentira, meus olhos me entregam, eles brilham meu amor, estou te dizendo,

Eles estão lhe dizendo, que neste lugar que eu amo, eu estou de joelhos, te esperando,

Não há nada, não há nada que me tire deste lugar…nada…é nele que estou agora.

E este lugar se chama Amor…não há nada que me faça agora fugir deste lugar.

 

Amor, me diga qualquer dia desses, qualquer dia, sem prazos, sem cronograma,

Eu adoro surpresas, Amor, venha e fique comigo…mas apenas se quiser,

Apenas se quiser, se quiser me dizer algo importante, Amor…ouça seu coração,

Se não me ama, Amor, não venha…eu não brinco com sentimentos, não quero que brinquem comigo também,

Se me ama, se me ama, venha e fique comigo. Eu te levarei para casa, se me estender a mão,

Se um dia eu brinquei contigo, a ponto de te ferir, Amor…me perdoe, muitas vezes eu não penso,

Não queria que fosse assim, eu te amo demais…se eu te tratei mal, amor, me perdoe,

Saiba que foi apenas um blefe…eu sou péssima em jogos de cartas, não sou cruel…

 

Amor, olhe nos meus olhos, e me diga um dia, um dia qualquer,

“Querida, coloque um vestido bonito e venha até Atlantic City”

E neste lugar que estou indo…será bonito, Amor, estou te amando

Não quero outro homem em minha vida agora, e há vários ao meu redor,

Eu poderia, se eu quisesse, ter um homem novo a cada final de semana,

Você sabe que posso conseguir isso, se eu quiser…

Mas eu não quero meu Amor, eu não me importo, não me importo quando me dizem,

Que eu desprezei um bom partido, que não estou curtindo amores errados,

Estou sozinha agora…meus ombros estão leves…venha aqui e encoste neles

E então eu lhe contarei uma história, porque eu sei, que você gosta…de histórias.

Amor…meu coração é só teu, eu já joguei meus sapatos, minha angústia também

E no ar só existe o cheiro de caramelo mesclado com essência de baunilha,

Amor, você já tem tudo, e eu estou aqui…de joelhos…com minhas meias 3/4…

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s