Stairway to Heaven

Flautista, toque sua flauta pra mim!

Você me viu!Eu não te vi!

Mas na minha pressa do cotidiano,

Aquela música que eu escutava,

Me levava até você!

 

E quando eu disse que minha pressão caiu,

Eu não estou brincando. 

Foi atravessando aquele trecho,

Insano, louco, na pressa de voltar pra casa,

Naquele trecho, no semáforo fechado,

Que meu coração disparou,

E um calafrio estranho tomou conta de mim!

Eu perdi o fôlego, minha cabeça girou,

E por um instante me senti fraca,

E um calafrio repentino tomou conta de mim

Eu estava leve, feito uma pena…

Mas minha cabeça girava, 

 

[“Oh, it makes me wonder

Oh, really makes me wonder”]
Porque estou sentindo isso agora?
Há alguém me observando!Um Stalker!
Um doce Stalker de olhos nus!
 

E nos meus dias de pressa,

O Flautista toca a sua flauta,

Eu não o vejo, mas todo dia eu penso na sua canção,

E como uma das crianças daquele conto,

Eu me deixo levar, pela sua canção,

Sua melodia me faz chegar no céu…

Seus lábios se movem e eu quero tocá-los!

 

Me encontre nos degraus…

Me olhe nos olhos e diga:

[“Dear lady, can you hear the wind blow?”]

 

 

 

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s